Cecropia e Azteca – O momento do início

(Texto original em inglês e tradução aproximada em português abaixo)

Português: Uma nova rainha Azteca voa pela floresta a procura da embaúba perfeita para iniciar seu império. Ela pousa na árvore, e em uma demonstração de compromisso, arranca e joga suas asas para o vento. Então, ela imediatamente começa a trabalhar mastigando uma cova rasa especialmente projetada para escavação de formigas, chamada de prostoma, feita para formigas entrarem no tronco oco das embaúbas. Uma vez dentro, ela raspa o material esponjoso que está no interior do entrenó, e usa esse material para fechar o buraco. Ela colocará ovos e cuidará das larvas até os primeiros trabalhadores emergirem e reabrirem o buraco.

Inglês: A new Azteca queen flies around the forest searching for the perfect Cecropia sapling to start her empire. She lands on the tree, and in a display of commitment, kicks her wings off to the wind. She then immediately gets to work chewing through the predefined shallow dimple designed for ant excavation, called a prostoma, to get into the hollow stem. Once inside, she scrapes the spongy, white parenchyma tissue lining the inside of the internode and uses it to plug the hole. She will lay eggs and tend to the larvae until the first workers emerge and reopen the hole.

Texto e vídeo por Peter Marting