Parque das Aves recebe certificado em bem-estar animal

Para reconhecer e celebrar o trabalho do Parque das Aves, o zoológico acaba de receber da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil – AZAB uma certificação nacional em bem-estar animal.

Imagem do certificado recebido pelo Parque das Aves.

Esta é a segunda certificação do Parque das Aves. A primeira foi recebida em 2019, quando o atrativo se tornou o primeiro e único zoológico do Brasil internacionalmente Acreditado pela Associação Latinoamericana de Parques Zoológicos e Aquários – Alpza.

O processo de certificação em bem-estar animal da AZAB foi iniciado em 2019, mas por conta da pandemia ficou suspenso. O anúncio da certificação do Parque das Aves foi feito durante assembleia da associação.

“Estamos radiantes e comemorando mais essa grande conquista”, comenta Paloma Bosso, diretora técnica do Parque das Aves.

Além do Parque das Aves, outras nove instituições, entre zoológicos e aquários, são certificadas pela AZAB.

Importância da certificação

Zoológicos e aquários mudaram muito sua atuação nas últimas décadas. Se anteriormente o foco era no entretenimento, hoje essas instituições são basicamente centros de proteção ambiental, que atuam fortemente em quatro pilares: conservação, educação ambiental, pesquisa e lazer, dando a oportunidade às pessoas de terem contato com animais que dificilmente conheceriam de outra forma.

Família visitando o Parque das Aves e aprendendo sobre a Mata Atlântica e suas espécies.

“A certificação em bem-estar animal da AZAB garante que as instituições zoológicas certificadas proporcionem os mais altos padrões possíveis no cuidado aos animais”, comenta Paloma.

Dentre os requisitos exigidos pela AZAB das associações certificadas em bem-estar animal, como o Parque das Aves, estão:

  • proporcionar ambiente estimulante para os animais
  • proporcionar ambiente de apoio para animais, funcionários e público
  • proporcionar oportunidades educacionais de aprendizado sobre conservação, priorizar o bem-estar animal e seus hábitos naturais
  • proporcionar colaboradores capacitados para prestar os melhores cuidados possíveis aos animais que abrigam
  • manter número de animais não superior a capacidade de alcançar um elevado padrão de cuidado

Como foi o processo de certificação do Parque das Aves

Para receber a certificação, o Parque das Aves passou por um rigoroso processo de avaliação, que contou com a visita de dois auditores, que avaliaram 111 itens em um dia de visita.

Roberta Manacero observando aves no recinto.

“O processo de auditoria para certificação em bem-estar animal da AZAB avaliou itens chave do nosso trabalho com os animais que vivem no Parque das Aves, registrando cada um como ‘Aceitável’, ‘Questionável’ ou ‘Inaceitável’”, comenta Roberta Manacero, chefe das divisões de manejo e bem-estar animal.

Os temas dos critérios exigidos incluíram nutrição, ambiente, saúde, comportamento, estado mental, registro de animais, saúde e segurança, instalações físicas e equipe. 

Acreditação Alpza

Em 2019, o Parque das Aves recebeu da Associação Latinoamericana de Parques Zoológicos e Aquários – Alpza a Acreditação dessa instituição internacional, destacando o trabalho do Parque na sua atuação técnica. 

Paloma Bosso, diretora técnica, e Carmel Croukamp, diretora geral, recebendo a certificação Alpza em 2019.

“Com a Acreditação Alpza, fica garantido que no Parque das Aves trabalhamos com os mais altos padrões possíveis nas áreas de Segurança, Bem-Estar Animal, Educação, Conservação e Sustentabilidade”, finaliza Paloma.

Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
0
+1
3
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0