Inscrições abertas para o Clubinho Guardiões da Mata Atlântica

As inscrições para a 3ª edição  do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica já estão abertas! Serão encontros mensais aos sábados, de março a novembro, das 13h às 17h. O objetivo é promover a conexão de crianças de 7 a 10 anos com o bioma Mata Atlântica por meio de atividades que incentivem a cooperação, a participação e o engajamento. As inscrições podem ser feitas online e  estão abertas até o dia 10 de março

Atividade em grupo do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica

Uma das maneiras de promover educação ambiental se dá por meio da experiência. A criança terá em sua memória afetiva registros do significado do frescor da sombra de uma árvore, da sensação da brisa suave do verão, da importância de cada animal para o equilíbrio biológico e dos encantos da natureza. Assim, a criança em contato com o mundo natural é um potencial cuidador e preservador do meio ambiente.

Guardiões formados na primeira turma

Um dos Guardiões formados em 2018, Henrique Dislich, comenta que aprendeu muito sobre a Mata Atlântica nas reuniões do Clubinho. “Conhecemos a Cozinha das Aves para ver o que as aves comem, fomos ao Borboletário ver várias borboletas, e com os tratadores cuidamos dos animais. Mas o que eu mais gostei foi aprender sobre os pesquisadores”, finaliza Henrique.

Conhecendo o Borboletário

A 2ª edição do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica formou um total de 25 Guardiões, que hoje compartilham seus conhecimentos em suas comunidades. Isso é muito importante parque que as crianças da comunidade local cresçam valorizando e respeitando a Mata Atlântica, e o Clubinho oferece maneiras de a criança conhecer sobre esse bioma de forma divertida e cheia de aventura, além de contribuir para a construção de novos valores e engajamento.

O Clubinho

As atividades serão lúdicas e práticas, e a proposta é que em cada encontro os Guardiões acompanhem o trabalho de um setor específico do Parque das Aves. Assim, terão a possibilidade de entrar em contato com a missão e os princípios da instituição para a conservação da Mata Atlântica.

Guardiões em atividade de paleta de cores na trilha

Em Foz do Iguaçu vivemos em domínios de Mata Atlântica, o segundo bioma mais biodiverso do mundo. Então é importante que as crianças desde cedo conheçam mais sobre o habitat em que vivem e aprendam de que maneira podem atuar para a sua conservação.

Repleto de atividades

A programação do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica está repleta de diversão e conhecimento. Em março, o tema é “O que é, onde está e o que tem na Mata Atlântica?”, e os Guardiões poderão conhecer a rica biodiversidade desse bioma e sua importância. Em abril, no encontro “Conhecendo a Mata Atlântica e as ameaças que ela sofre”, eles poderão aventurar-se pela Mata Atlântica, aprendendo sobre as ameaças que existem e ações para conservação. De maio a setembro irão se aventurar descobrindo “O que os Guardiões podem fazer para ajudar na conservação da Mata Atlântica?”, além de entender a “Atuação do Parque das Aves para conservação”, vivenciando atividades sobre rotina de trabalho de um pesquisador, de um zootecnista, de um especialista em bem-estar animal e de um tratador.

Monitora e guardiões na trilha

Também colocarão a “mão na terra”, aprendendo sobre algumas espécies de plantas nativas da Mata Atlântica, e terão um dia de chef, aprendendo sobre plantas alimentícias não convencionais (PANCs) e seu uso na culinária local. Já em outubro, descobrirão “Como os Guardiões podem falar sobre a Mata Atlântica para as outras pessoas?”, participando de uma divertida oficina, envolvendo tudo que aprenderam durante o ano, e em novembro haverá um encerramento, que contará com a participação das famílias dos guardiões.

Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
2
+1
14
+1
1
+1
0
+1
0
+1
1