5 promessas para cuidar da Mata Atlântica em 2020

Então é Natal, e o ano está chegando ao fim! Os presentes começam a ser comprados, as luzinhas já foram colocadas para enfeitar as ruas da cidade, as reuniões entre pessoas se tornam mais frequentes e, mais uma vez, as pessoas fazem promessas para o ano que está por vir. Afinal, é o momento para refletir sobre o que foi feito e o que ainda pode ser realizado.

Então, que tal incluir na sua lista de planos para o novo ano algumas promessas que envolvem o cuidado da Mata Atlântica? Afinal, se queremos um futuro próspero, nada melhor do que cuidar do meio ambiente, não é mesmo? Por isso, preparamos  5 sugestões para ajudá-lo a incluir uma dessas promessas em 2020!

1  – Engajar mais pessoas em prol da conservação da Mata Atlântica

Uma forma de contribuir com a Mata Atlântica é engajando mais pessoas para ajudar na sua conservação! Para isso, procure se informar sobre as ameaças que afetam esse bioma e aproveite para conversar com as pessoas sobre essas questões e compartilhar conteúdos nas mídias sociais, especialmente se for para divulgar as belezas dessa floresta maravilhosa!

Vamos fazer com que o cuidado com a Mata Atlântica se espalhe por aí? Veja os outros posts aqui do blog e compartilhe com seus amigos!

Divulgue as belezas da Mata Atlântica para mais pessoas e converse sobre as ameaças que esse bioma enfrenta: isso vai ajudar a engajá-las na proteção dessa floresta! Foto: The Body Shop

2 – Pensar e pesquisar bem antes de comprar algo

Para cuidar da Mata Atlântica e proteger os animais e as plantas que vivem nela, uma das coisas mais importantes que podemos fazer é evitar compras desnecessárias e adquirir produtos mais sustentáveis.

Por isso, quando for comprar algo faça algumas perguntas para você mesmo, como: eu preciso deste item? É uma necessidade ou desejo? Eu posso comprá-lo? Eu devo comprá-lo? Que tipo de impacto é causado pela compra desse produto, e como posso diminuir esse impacto? Quando acabar a sua vida útil, esse produto exige algum tipo de descarte especial? Essa simples reflexão faz uma diferença e tanto no cuidado com a Mata Atlântica!

Antes de comprar é importante fazer essas perguntas para si próprio

3 – Plantar árvores nativas da Mata Atlântica

Sempre que puder, plante árvores nativas da sua região e acompanhe o desenvolvimento delas. Depois de um tempo, você consegue inclusive observar as espécies de aves que vão se beneficiar com a nova moradia ou com os frutos ali presentes! Conheça algumas espécies de árvores nativas da Mata Atlântica.

Se você não tem espaço para plantar uma árvore na sua casa, pode fazer uma doação para uma organização não-governamental que trabalhe com reflorestamento, como a  SOS Mata Atlântica (você escolhe o valor mínimo da contribuição, que pode acontecer apenas uma vez ou se tornar mensal) ou A Copaíba (contribuição mínima de 25 reais para o plantio de 15 árvores nativas por ano).

Para ajudar de forma gratuita, você também pode utilizar o Ecosia como buscador de internet, pois 80% dos lucros deste mecanismo de busca são doados para projetos de reflorestamento, inclusive na Mata Atlântica.

Ipê roxo, árvore nativa da Mata Atlântica. Uma maneira de ajudar a cuidar desse bioma é plantando árvores nativas da sua região, ou doando para ONGs que trabalham com reflorestamento. Foto: Prefeitura Municipal de João Pessoa – Paraíba

4 – Descasque mais e desembrulhe menos

Ao longo do ano, evite alimentos industrializados e que estejam embalados com várias camadas de papel e plástico. Além de fazer bem para a sua saúde, você estará evitando que matérias-primas (papel e petróleo) sejam extraídos para gerar resíduos desnecessários, contribuindo com o cuidado da Mata Atlântica.

Busque fazer suas compras em feiras para fortalecer os produtores locais, principalmente produtores que não utilizem agrotóxicos em suas plantações. Para lanches, prefira frutas que já vem embaladas na própria casca ou podem ser levadas em potes, e por isso dispensam embalagens descartáveis.

Comprar comidas com menos embalagens ou que estejam envolvidas em embalagens biodegradáveis é uma ótima maneira de ajudar a cuidar da Mata Atlântica. Foto: Enjoy Intercambio

5 – Contribuir com um projeto de conservação

Existem vários projetos de conservação que ajudam espécies ameaçadas de extinção, e você pode contribuir com eles! Pode ser financeiramente, em contribuições únicas ou mensais (no esquema de filiação ou apadrinhamento). Esses valores possibilitam a compra de itens como alimentos e medicamentos para animais resgatados, equipamentos para monitorá-los na natureza ou materiais de divulgação e educação ambiental. Outra forma de contribuir é sendo voluntário em algum projeto de fauna da sua região. 

Também vale seguir os projetos nas mídias sociais, conhecendo mais sobre o trabalho e compartilhando as últimas novidades.

Você pode contribuir muito com a Mata Atlântica fazendo doações para projetos de conservação, como o do papagaio-de-peito-roxo

Aqui temos uma lista de projetos e iniciativas com as quais você pode contribuir para ajudar a Mata Atlântica:

  • Ajude o papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea) através do projeto Espaço Silvestre;
  • Clicando aqui você pode ajudar as antas da Mata Atlântica;
  • Para ajudar a jacutinga (Aburria jacutinga), ave da Mata Atlântica ameaçada de extinção, clique aqui;
  • O Projeto Papagaio-verdadeiro ajuda no conservação dessa espécie de ave, que é a mais traficada do Brasil. Saiba mais sobre o projeto clicando aqui;
  • A Aquasis é uma ONG que desenvolve projetos no Nordeste do Brasil com espécies ameaçadas de extinção. Clique aqui para conhecer e ajudar.
  • Para ajudar diversos animais da Mata Atlântica, clique aqui ou aqui.

Viu como é fácil ajudar na conservação da Mata Atlântica? Com pequenas atitudes, a sua contribuição faz uma enorme diferença na conservação desse bioma! Que em 2020 todas as suas metas sejam alcançadas e que possamos ter mais áreas de Mata Atlântica para proteger, visitar, conhecer e sentir!

Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
2
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0