6 lugares imperdíveis para tirar fotos no Parque das Aves

Depois daquela viagem inesquecível, é hora de rever as fotos dos momentos inesquecíveis vividos, mostrar para os familiares, e até mesmo selecionar as melhores para postar nas redes sociais ou fazer aquele lindo álbum de fotos. Cada foto é uma história diferente, que contém todos os detalhes de um momento especial.

Em sua visita ao Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, você encontra diversos locais para tirar lindas fotos e guarda-las de recordação. Porém existem 6 lugares onde você não pode deixar de tirar uma foto e que com certeza vai representar muito a experiência que você viveu aqui. Dá só uma olhada na nossa lista abaixo para saber quais são eles!

1. Letreiro gigante perto da bilheteria

Assim que você chega ao Parque das Aves, localizado ao lado das Cataratas do Iguaçu, você irá avistar um letreiro enorme com a nossa logomarca. Ele está localizado pertinho da bilheteria, em meio a flores. As pessoas gostam muito de tirar foto nesse local, pois ele super representa que estiveram aqui. Nossa dica é: capriche na pose e seja criativo na hora de registrar esse momento!

Letreiro gigante com a logomarca do Parque das Aves. Foto: Cássia Romeiro

2. Lago dos Flamingos

É praticamente impossível você vir ao Parque das Aves e não se encantar com o Lago dos Flamingos, recinto que abriga cerca de 100 flamingos das espécies chilena e africana. Nele você tem a oportunidade de observá-los bem de pertinho, descansando em uma perna só, tomando banho, dormindo ou alimentando seus filhotes no período reprodutivo. Como é um recinto bem aberto, é o lugar perfeito para bater sua foto com os flamingos de fundo.

O Lago dos Flamingos é perfeito para você criar um registro inesquecível. Foto: Léo Connack

3. Trono e balanço no quiosque Tropicana

Não há nada melhor do que fazer uma pausa no meio da trilha do Parque, em nosso quiosque Tropicana! Lá você pode se alimentar e relaxar um pouco, além de fazer mais registros super especiais! Nesse lugar há um trono de madeira perto da mata, onde muitas pessoas gostam de brincar que são os reis e rainhas da floresta! As fotos ficam muito divertidas e você pode envolver toda a família na brincadeira. O espaço também é composto por dois balanços, onde além de bater aquela foto linda com o fundo de mata, você pode descansar um pouquinho neles, pertinho da natureza. É um ambiente restaurador!

A foto no trono é indispensável para quem dá uma pausa para descansar no Tropicana

o4. Asas das borboletas

O Borboletário do Parque das Aves é um ambiente mágico, repleto de cores e muita vida. E após andar entre as borboletas do recinto, você tem a oportunidade de se sentir uma! Saindo do Borboletário há um espaço com três grandes estruturas com asas de borboletas, perfeito para quem é apaixonado por elas! Duas são maiores, na cor azul e laranja, e a outra é menor, feita especialmente para as crianças. Assim todos podem fazer essa lembrança especial e se divertir!

Essa é a de borboleta na cor alaranjada, uma das três opções disponíveis para fotos. Foto: Camila Loures
5. Encontro com as Araras

E como ir embora do Parque sem fazer uma foto no Encontro com as Araras? Esse é um dos pontos mais famosos do Parque das Aves, onde você pode ficar em meio a várias araras-canindé (Ara ararauna) na Mata Atlântica. O espaço permite você observar bem de pertinho os detalhes das araras-canindé e arara-vermelha (Ara chloropterus), e ainda pode levar uma linda lembrança desse encontro.

No Encontro com as Araras você pode tirar tanto foto individual ou em grupo. Foto: Desbrave o Mundo
6. Asa da Arara-vermelha

Tanto antes de iniciar o passeio, como também ao final de sua visita, você pode fazer um registro nas asas de uma arara-vermelha! A estrutura é semelhante a das asas da borboleta, e está localizada na parte externa do Parque das Aves, próximo da saída. Vale lembrar também que essas estruturas de asas são pintadas a mão pela nossa artista plástica Robyn Abrey, que faz pinturas lindas e delicadas.

Os nossos visitantes sempre são muito criativos na hora de fazer uma pose. Foto: Franco Calgaro

Você já tirou foto em algum desses locais? Conta pra gente aqui nos comentários! E não se esqueça de compartilhar conosco os seus registros! Use a hashtag #parquedasaves e marque o nosso perfil no Instagram @parquedasaves

Foto de capa: Camis Vogel