Cecropia: A grande novidade do Parque das Aves

Sabe aquele lugar encantado, de encher os olhos, que desperta as mais profundas e diversas emoções? Então, esse lugar tem nome e o estamos construindo especialmente para você: o Cecropia. Este recinto é um complexo de dois novos viveiros de imersão, que logo logo você poderá conhecer de pertinho. Construidos um ao lado do outro na metade da trilha, o Viveiro Cecropia é um dos maiores viveiros de imersão da América Latina! Ambos os recintos juntos possuem meio hectare de tamanho e toda a sua construção foi feita totalmente integrada com a mata. Então basicamente você estará dentro de um viveiro, mas sem perceber, pois é tanta natureza em volta que você se sentirá parte dela.

Viveiro Cecropia visto de baixo para cima, em meio a mata
Gigante em meio à natureza. A construção do viveiro passa por cima das árvores

Cecropia é o nome científico de uma árvore muito especial para a Mata Atlântica: a embaúba (Cecropia Sp.). Essa é uma árvore que nasce em áreas degradadas, resistente ao sol, forte, e capaz de desenvolver-se mesmo em áreas de solo pobre em nutrientes. Ela também tem um papel fundamental para a regeneração das florestas, pois possibilita que outras plantas e árvores cresçam à sua sombra, além de alimentar aves e mamíferos com seus frutos , que dispersam suas sementes.  A Cecropia também vive em simbiose com uma espécie de formiga, do gênero Azteca, criando juntas um ecossistema perfeito.

Foto aproximada de três formigas sobre uma árvore Cecropia
União perfeita. Formigas Azteca em uma árvore Cecropia. Foto: Peter Marting

No primeiro viveiro do complexo Cecropia você poderá conferir de perto a interação de diversas espécies de periquitos de Mata Atlântica, provenientes de situações de resgate, com a Cecropia. E uma das grandes novidades é que você poderá alimentá-los à mão! Além disso, aprenderá mais e verá com seus próprios olhos como as formigas Azteca vivem dentro dessa incrível árvore e a defendem contra predadores.

No segundo viveiro, o destaque vai para os tucanos, considerados jardineiros das florestas por dispersarem sementes e trabalharem no reflorestamento de áreas degradadas, assim como as Cecropias. Você vai ficar pertinho dessas lindas aves e aprender ainda mais sobre elas.

O segundo viveiro ainda contará com uma colônia de formigas-cortadeiras, na segunda fase do complexo Cecropia. E um fato interessante é que as cortadeiras utilizam as folhas da Cecropia (e de outras árvores) para alimentar seus fungos.

Araçari-castanho em uma árvore Cecropia
Araçari-castanho (Pteroglossus castanotis) em meio aos galhos de uma Cecropia. Foto: Peter Marting

O Cecropia tem previsão para inaugurar no início de janeiro de 2020, e será mais uma experiência inesquecível que você poderá viver aqui no Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, localizado ao lado das Cataratas do Iguaçu.

Colaboradores do Parque das Aves na construção do Viveiro Cecropia
Construção do novo viveiro Cecropia

É importante lembrar também que toda a construção dos viveiros está sendo feita pela nossa equipe de manutenção e obras, sem acesso a ruas ou grandes máquinas e sem derrubar árvores. Todos estão integrados à floresta, criando uma experiência ecologicamente profunda para aves e visitantes.