Conheça 15 árvores raras da Mata Atlântica

A Mata Atlânticaao mesmo tempo que é uma das florestas que mais abrigam espécies de plantas, é também uma das que mais estão destruídas. Cerca de 92% deste bioma já desapareceu, e o que resta resiste bravamente em meio ao desmatamento para urbanização e agropecuária sem planejamento. Por isso, muitas árvores estão ficando cada vez mais raras na floresta. Vamos conhecer essas espécies e saber como podemos ajudar a protegê-las?

Árvore sapucaia com flores rosas no campo
Sapucaia (Lecythis pisonis). Foto: Saint-Clair Mello

Árvores raras da Mata Atlântica

Preparamos uma lista de 15 árvores raras da Mata Atlântica, sendo que muitas delas estão ameaçadas de extinção:

1 – Guapeba ou Árvore do imperador (Chrysophyllum imperiale);

2 – Pau-brasil (Paubrasilia echinata);

3 – Pau-ferro (Humiriastrum dentatum);

4 – Ipê-roxo (Handroanthus impetiginosus);

5 – Guatambu (Aspidosperma australe);

6 – Copaíba (Copaifera trapezifolia);

7 – Jequitibá-vermelho (Cariniana estrellensis);

8 – Pau-de-alho ou Farinha-seca (Machaerium paraguariense);

9 – Peroba (Aspidosperma polyneuron);

10 – Araucária ou Pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia);

11 – Acaiacá ou Cedro Brasileiro (Cedrela odorata);

12 – Urundeúva (Myracrodruon urundeuva);

13 – Cambucá (Plinia edulis);

14 – Sapucaia (Lecythis pisonis);

15 – Jequitibá-rosa (Cariniana legalis);

  Qual delas você conhece? Há alguma dessas árvores presente no seu estado?

Como podemos contribuir para conservar as árvores da Mata Atlântica?

Árvore jequitibá-vermelho na cidade
Jequitibá-vermelho (Cariniana estrellensis). Foto: Mauricio Mercadante (Flickr)

Aqui vão algumas dicas para você ajudar a proteger as árvores da Mata Atlântica:

  • Aproveite bem tudo o que você tiver: papel, energia elétrica, água, roupas, objetos, brinquedos. Lembre-se que a Mata Atlântica teve que ser desmatada para que todos esses recursos chegassem até você. Zele por tudo o que tem para que dure o máximo possível e não tenha que ser substituído com frequência!
  • Diminua seu consumo de carne vermelha: infelizmente, este alimento está associado ao desmatamento em larga escala. Que tal tentar fazer refeições sem carne um dia por semana? Nos outros dias, dê preferência para carne de frango, peixe ou porco.
Árvore copaíba na beira da estrada
Copaíba (Copaifera trapezifolia). Foto: Árvores do Brasil
  • Quando pesquisar na internet, utilize o buscador Ecosia no lugar do Google. Quando você fizer em média 45 buscas, a empresa planta uma árvore! Você pode utilizar este buscador tanto em computadores como no seu celular. Que tal instalar o Ecosia nos computadores do escritório?
  • Se tiver espaço, plante árvores nativas da Mata Atlântica. Lembre-se que muitas delas são de pequeno e médio porte, sendo possível inseri-las em jardins, quintais e outras áreas menores. Vale a pena pesquisar se por acaso o horto municipal ou jardim botânico da sua cidade não distribui ou vende mudas nativas. Caso não as encontre em lojas físicas, é muito fácil encontrá-las para comprar pela internet.

Foto de capa: Pau-brasil (Paubrasilia echinata). Foto: Blog Mata Nativa