Expedição Papagaio-chauá RJ – transcrição da introdução em libras

Você conhece o Papagaio-chauá?

O papagaio-chauá é uma espécie ameaçada de extinção que vive no que restou da Mata Atlântica nos estados de Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Porém, não se sabe em quais matas esse papagaio ainda encontra alimento e local para criar seus filhotes. Por esse motivo, a equipe do Projeto Papagaio-Chauá vem trabalhando em todos os municípios fluminenses e nos municípios de Mata Atlântica de Minas Gerais para descobrir onde esse ameaçado papagaio está vivendo atualmente.

Como esse trabalho é feito? Percorremos grandes distancias selecionando regiões com áreas florestais ainda preservadas que são visitadas pela equipe no início da manhã e final da tarde, pois esses são os períodos de maior atividade dos papagaios. Nessas áreas, os biólogos de campo ficam atentos a qualquer sinal da presença do papagaio-chauá e fazem todo o possível para filmar e/ou fotografar a espécie em seu ambiente natural. Esta, sem dúvida alguma, não é uma tarefa fácil, mas todos os detalhes são documentados e postados na página. Vamos acompanhar?

Na página do Projeto Papagaio-chauá há diversas postagens entre fotos e vídeos ilustrando a rotina do trabalho executado pela equipe em campo e nessa próxima viagem contaremos com essa incrível interpretação do Thyago possibilitando uma maior aproximação da comunidade surda com as atividades do Projeto. E aí? vamos ajudar a encontrar esse ameaçado papagaio?

Curtam a página do Projeto e acompanhem nossas postagens. O Thyago estará em campo fazendo a tradução simultânea de nossos vídeos! Vamos juntos?

O Projeto é executado pela Fundação Neotrópica do Brasil (www.fundacaoneotropica.org.br), que é uma ONG ambientalista do Mato Grosso do Sul com mais de 20 anos de atuação em conservação da natureza e conta desde seu início com a importante parceria do Parque das Aves (facebook.com/parquedasaves), Centro Nacional de Conservação de Aves Silvestres – CEMAVE/ICMBio (www.icmbio.gov.br/cemave ) e Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental – SPVS (www.spvs.org.br ). Desde 2016, o projeto é patrocinado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza (www.fundacaogrupoboticario.org.br ).

Além disso, caso queiram saber mais sobre o projeto e/ou nos ajudar, entre em contato diretamente com a equipe pela página do facebook (www.facebook.com/projetopapagaiochaua) ou escrevendo diretamente para o email: projetochaua@fundacaoneotropica.org.br.

Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0