BASTIDORES DO PARQUE | Paloma Bosso, chefe da Divisão de Bem-estar Animal do Parque das Aves, participa da ICEE

Desde segunda, 15, até sexta, 19, a médica veterinária com experiência em comportamento animal e chefe da divisão de Bem-estar Animal do Parque das Aves, Paloma Bosso, marcará presença como palestrante na 13ª Conferência Internacional de Enriquecimento Ambiental (ICEE), que acontecerá no Parque Jaime Duque – Bioparque Wakatá, em Bogotá, Colômbia. A conferência ocorre bienalmente e será a primeira vez que uma edição da conferência é sediada na América Latina.

Paloma na palestra que deu ontem, 17/5, no ICEE.

Paloma participa desde a 7ª edição da conferência, que foi em 2005 em Nova York. “Lembro até hoje do frio na barriga que sentia quando via autores de livros que eu usava como referência se aproximarem para fazer perguntas sobre o meu trabalho. Foi nesse evento que conhecia Temple Grandin e me apaixonei ainda mais por seu trabalho… mal podia imaginar que em 2016 ministraria palestra em um mesmo evento que ela aqui no Brasil”, comenta Paloma. E com o convite para participar como Palestrante, Paloma alcança novos patamares na participação em um evento tão importante para a área e para sua carreira. “Fiquei muito satisfeita em receber convite para ministrar palestra na primeira edição que acontecerá na América de Latina de um evento que tanto contribuiu com a minha formação!”.

Paloma apresentando um trabalho na 9th ICEE, no Paignton Zoo, Torquay, United Kingdom, em 2009.

Melhorar o bem-estar dos animais que vivem sob cuidados humanos é um dos temas centrais do evento, que permeia as discussões sobre enriquecimento ambiental. “Enriquecimento ambiental é um tema atual, mas com conceitos e ideias em constante atualização. Pela sua crucial importância na rotina diária da manutenção de animais em cativeiro, é necessário não só uma capacitação sobre o tema, mas também um constante aprimoramento. Assim podemos sempre oferecer as melhores práticas de manejo no cuidado diário aos animais mantidos sob cuidados humanos. E conhecer diferentes cenários, realidades e formas de promover itens espécie-específicos de enriquecimento ambiental talvez seja a melhor forma de otimizar o bem-estar animal dentro das nossas instituições de trabalho”, comenta Paloma.

Trabalho apresentado por Paloma na 7th ICEE, no Wildlife Conservation Society, em Nova York, Estados Unidos, em 2005.
Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0