PROJETO CHAUÁ | Terceira expedição

O papagaio chauá (Amazona rhodocorytha) é uma espécie ameaçada de extinção que ocorre na Mata Atlântica. Como diversas outras aves nesta situação, está em perigo devido à degradação de seu habitat, captura de ovos e filhotes e abate. Costuma ser visto em casal ou bandos, e se alimenta basicamente de frutas, como carambola, cajá, caju, jambo, abacate, acerola, banana, jaca, manga e mamão, além de sementes e brotos, em topos de árvores. Historicamente, ocorria principalmente nas regiões sudeste (Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo) e parte do Nordeste (Bahia, Sergipe e Alagoas), entretanto, sua área de ocorrência atual é pouco conhecida.

Por causa da falta de informações sobre o chauá, em 2014, parte do Grupo Assessor do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Papagaios da Mata Atlântica (PAN Papagaios) se reuniu com o objetivo de conhecer melhor o papagaio e mapear sua distribuição, além de estimar o tamanho e status populacional nos estados de distribuição histórica. Assim foi criado o Projeto Chauá, coordenado pela Fundação Neotrópica do Brasil e realizado com a participação de diversos pesquisadores e colaboradores, com ampla experiência em estudos para a conservação de papagaios do PAN.

chaua

Durante 2015, foram realizadas duas expedições para procurar o chauá em diversos municípios de Minas Gerais. Os resultados alcançados foram bastante significativos. Em 2016, o Projeto Chauá iniciou uma nova frente de estudos no Rio de Janeiro para verificar a presença e situação atual dessa espécie na região.

Agora o projeto vai para sua terceira expedição no Rio de Janeiro, de 21 de agosto a 1 de setembro. A expedição passará por Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Trajano de Moraes, Macuco, Cantagalo, Carmo, Sumidouro, Duas Barras e Bom Jardim. A intenção é divulgar o máximo possível a expedição para que pessoas que tenham avistado papagaios chauá na região entrem em contato com a equipe de pesquisadores em campo. Se você avistou ou sabe informações sobre chauás nessas regiões, mande um e-mail para projetochaua@fundacaoneotropica.org.br ou através da página https://www.facebook.com/expedicaochaua/

Boa sorte aos envolvidos nesta expedição!

Como você se sentiu com este conteúdo?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0